Estância Velha, 29 de Julho de 2016
 
   
 
 
 

ABQTIC

ABQTICENCICLOPÉDIA DO COUROPUBLICAÇÕES
NOTICIASECONOMIA E MERCADO 
 
NOTICIAS
EVENTOSESPAÇO ASSOCIADOPROFISSIONAISAGENDACONTATO
 
 
     
Anterior
Próximo
     
14 Julho - 10:24

Soluções para resíduos: o que antes era descarte, transforma-se em matéria-prima de valor

Transformar resíduos em novos produtos é o trabalho da WiseWaste, empresa que tem em seu portfólio clientes como Natura, Nestlé e Braskem. Seu diretor, Guilherme Brammer, será um dos palestrantes do Fórum CSCB de Sustentabilidade, mostrando como a logística reversa, a engenharia e a tecnologia podem criar soluções para o que antes seria considerado lixo. Será no dia 11 de agosto, quinta-feira, em Novo Hamburgo (RS), na Universidade Feevale, com realização do Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB), patrocínio Ouro de JBS Couros e patrocínio Prata de Stahl. Apoio: ABQTIC. Inscrições e programação completa em: www.cicb.org.br/forumdesustentabilidade.
 
A palestra de Guilherme - Do resíduo ao novo produto: a aplicação da economia circular para transformar artigos de descarte em matéria-prima de alto valor  - vai detalhar o processo que envolve estudos laboratoriais, cooperativas de catadores e desenvolvimento e fabricação de novos produtos. Esta atuação contempla os três principais pontos da cadeia produtiva: fabricação, consumo/ descarte e reciclagem. "As empresas estão migrando seu conceito de produção, saindo do modelo de economia linear, e indo para o modelo de economia circular. Isso ainda é embrionário, mas já temos exemplos reais", afirma o palestrante.
 
Um caso de sucesso deste posicionamento é o da empresa americana Interface, especialista em carpetes para o segmento corporativo. Conforme conta Guilherme, em vez de vender a forração de pisos, eles alugam os produtos, sendo responsáveis pela manutenção das peças. "Se o carpete estragar, não tem problema: eles reciclam 100% do que produzem e usam em seu próprio processo produtivo os resíduos pós-consumo. Já faturam algo em torno de US$ 1 bilhão todos os anos neste modelo", destaca. No setor de couros e calçados, segundo Guilherme, estima-se que a geração de resíduos sólidos chegue a 1,4 mil toneladas por dia - um grande potencial para o desenvolvimento da economia circular. 

As vagas para o fórum são limitadas. Veja a programação completa clicando aqui.

 
 
 
 
 
Associação Brasileira dos Químicos e Técnicos da Indústria do Couro
(51) 3561.2761 | abqtic@abqtic.com.br | Rua Gregório de Mattos, 182 | Estância Velha | RS | Brasil