Estância Velha, 23 de Agosto de 2014
 
   
 
 
 

ABQTIC

ABQTICENCICLOPÉDIA DO COUROPUBLICAÇÕES
NOTICIASECONOMIA E MERCADO 
 
NOTICIAS
EVENTOSESPAÇO ASSOCIADOPROFISSIONAISAGENDACONTATO
 
 
     
Anterior
Próximo
     
21 Agosto - 08:24

Apex-Brasil e CICB assinaram novo convênio para o projeto de promoção das exportações do couro brasileiro

O Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) assinaram na noite de quarta-feira, 20 de agosto, em Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, o novo convênio do Projeto Setorial Brazilian Leather para a promoção das exportações do couro brasileiro. A solenidade, com as presenças do presidente da Apex-Brasil, Mauricio Borges, e do presidente do Conselho Diretor do CICB, Roberto Motta, antecedeu a realização do 3º Fórum CICB de Sustentabilidade, que ocorre hoje, dia 21 de agosto.
 
O novo convênio, que se estende até 2016, prevê uma série de ações para a expansão, o reconhecimento e a qualificação ainda maior do couro do Brasil frente ao mercado internacional. As ações a serem desenvolvidas no biênio contemplam projetos de design, sustentabilidade, inovação, inteligência e promoção comercial, como o Design na Pele e a Certificação de Sustentabilidade do Couro Brasileiro (CSCB). De acordo com o presidente executivo do CICB, José Fernando Bello, são esses projetos que dão o impulso para os números positivos que o setor de couros do Brasil vem conquistando nos últimos anos e que tem beneficiado toda a cadeia produtiva e a economia do país.
 
O presidente da Apex-Brasil, Maurício Borges, destaca as perspectivas positivas para os próximos anos, em especial com o crescimento de mercados para os couros com maior valor agregado. "O Projeto Setorial Brazilian Leather, uma parceria entre a Apex-Brasil e o CICB, apresenta excelentes resultados tanto em exportação de couros para o mercado internacional, quanto na consolidação da imagem do país como um produtor qualificado e competitivo. O momento do projeto neste cenário otimista é trabalhar de forma mais efetiva o valor agregado do produto dentro da pauta exportadora do setor. Dessa maneira, a Apex-Brasil entende como essencial o trabalho conjunto realizado com o CICB para que o couro brasileiro esteja aliado aos conceitos de design, qualidade e sustentabilidade, alcançando, assim, ainda mais sucesso no exterior", afirma Mauricio Borges.
 
O convênio entre o CICB e a Apex-Brasil  para a realização do Projeto Setorial Brazilian Leather existe desde 2000, ininterruptamente. De lá para cá, houve aumento de 230% nas exportações de couro, passando de US$ 760 milhões em 2000 para US$ 2,51 bilhões em 2013. Só nos sete primeiros meses deste ano, foram exportados US$ 1.714.206.659 bilhão em couros,  o que representa um aumento de 23,5% em relação ao mesmo período de 2013. Atualmente, 123 empresas participam do projeto, exportando couros para mais de 70 países.

Fonte: Imprensa CICB/Fotos Leila Ermel - ABQTIC
 
 
 
 
 
Associação Brasileira dos Químicos e Técnicos da Indústria do Couro
(51) 3561.2761 | abqtic@abqtic.com.br | Rua Gregório de Mattos, 182 | Estância Velha | RS | Brasil